SIEM: otimize o tempo de resposta e detecção de ameaças em sua empresa

SIEM é a sigla utilizada para Security Information and Event Management, que, em tradução para o português significa Gerenciamento de Informações e Eventos de Segurança.

As ferramentas SIEM possuem como principais objetivos fornecer relatórios e alertas sobre incidentes e eventos relacionados à segurança, entre os quais é possível citar tentativas de login mal sucedidas, entre outras atividades maliciosas que possam vir a violar regras de segurança.

Como as ferramentas SIEM podem auxiliar as empresas?

Uma solução SIEM é importante para que as empresas possam obter melhores resultados no gerenciamento da sua segurança, à medida em que elas são capazes de filtrar grandes quantidades de dados, e também de priorizar os alertas de segurança que serão enviados pelos softwares.

Entre outros benefícios de incluir uma solução SIEM na sua empresa estão:

  • Recriação da linha do tempo de um ataque através da reunião de eventos de diferentes fontes na rede;
  • Auxílio no atendimento aos requisitos de conformidade;
  • Geração de relatórios automáticos com todos os eventos de segurança registrados em fonte;
  • Aprimoramento do gerenciamento de incidentes, fazendo com que a empresa otimize a identificação e a resposta aos ataques.

Por meio da coleta e análise de logs, fluxos de rede etc. de hosts e aplicativos, essa solução consegue oferecer uma visão unificada do gerenciamento de segurança de uma empresa. Os princípios básicos de um sistema SIEM é agregar dados relevantes, de várias fontes diferentes e identificar possíveis desvios do padrão, para tomar as medidas cabíveis. Neste sentido, vale destacar que essa solução sempre leva em consideração os requisitos específicos de cada empresa.

Em seu nível mais básico, um sistema SIEM pode ser baseado em regras. Ou seja, é preciso definir de forma clara e individualizada os processos e eventos relacionados com a segurança, bem como a forma de reagir e a ordem de prioridade.

Já em soluções mais avançadas, é possível incluir Análises Comportamentais de Entidade e Usuário (UEBA), bem como orquestração, automação e resposta de segurança (SOAR).

As ferramentas SIEM coletam dados de vários sistemas, normalizam, agregam e então analisam esses dados para detectar comportamentos anormais ou possíveis ataques cibernéticos. 

As empresas de hoje precisam de uma solução que possa centralizar, simplificar e automatizar fluxos de trabalho de segurança. Somente assim é possível obter melhores análises e procedimentos de resposta a incidentes mais ágeis. 

BLOG
Open chat