Análise de vulnerabilidades: o que é e como pode ser feita na empresa?

A maioria dos ataques bem-sucedidos atuais ocorre devido a problemas de segurança, configurações incorretas, serviços configurados por padrão ou a ausência de patches que o fabricante do software torna público, mas que o departamento de TI não implementou. Conhecer essas ameaças com antecedência é essencial para enfrentá-las.

Ao abrirmos os jornais ou quando acessamos sites de notícias, frequentemente nos deparamos com manchetes sobre roubo de dados sigilosos ou invasão dos sistemas cibernéticos. Perante  essa situação, as pessoas começaram a perceber o quanto é fundamental fazer a análise de vulnerabilidade segurança da informação, para se criar métodos de defesa contra os recorrentes ataques no mundo virtual.

Análise de vulnerabilidade segurança da informação é o método de descobrir os motivos de erros e fragilidades nos sistemas expostos aos perigos virtuais. Após a análise de vulnerabilidade, a segurança da informação pode ser avaliada se as ameaças aconteceram pelas portas de abertura causadoras das chamadas brechas na proteção, as quais foram danificadas pelos recursos de acesso remoto. 

Através de testes de vulnerabilidades automatizadas com ataques controlados, é possível conseguir verificações contra mais de 50.000 tipos de vulnerabilidades, permitindo que sua organização proteja seu ambiente e suas aplicações.

Quais são as vantagens de realizar análise de vulnerabilidade?

As principais vantagens que a análise de vulnerabilidades pode trazer para uma empresa está na identificação e mitigação de riscos e impactos que afetem os negócios da organização, criação de um plano de ação de implementação de melhorias nos sistemas de informação, redução da probabilidade de vazamento de dados e maior confiabilidade nos serviços prestados pela organização.

Entenda o que os testes de vulnerabilidades trazem para sua empresa:

  • Risco reduzido concentrando recursos nas vulnerabilidades mais significativas.
  • Relatórios pré-construídos para facilitar a demonstração de progresso e / ou conformidade.
  • Uma arquitetura flexível e modular reduz as complexidades do gerenciamento de riscos.
  • Economia de tempo e recursos ao buscar menos falsos positivos.

Depois da análise de vulnerabilidade segurança da informação, é possível constatar se ocorreram invasões no sistema de segurança em uma empresa, se houve erros de programação, vulnerabilidades por causa de falhas nos componentes da memória, inclusão de códigos de consulta SQL, configuração mal feita nos aplicativos de segurança, como antivírus e firewall ou a execução de arquivos perigosos acessados pelos usuários.

BLOG
Open chat